10
jul
10

Saudade…

Bom, um belo dia você conhece alguém, por quem se apaixona e começa a namorar essa pessoa. Tudo vai muito bem, obrigado até o dia em que esta pessoa tem que viajar durante as férias. Essa pessoa leva você a um baile, um dia antes da viagem, troca juras de amor até que dá a hora de voltar para casa. Rola aquela despedida triste.. tudo super normal. Depois de 48 horas bate aquele vazio, aquele nó na garganta e a sensação de que algum pedaço de você foi roubado.

 Pois é, isso aconteceu comigo, final de semana passado, aliás. Quero falar sobre a saudade. E quem nunca sentiu saudade de alguém? Ou de algum momento gostoso de sua vida? Eu acho que todo mundo já sentiu essa desgraçada da saudade. A questão é: como lidar com ela? Acho que nunca vou saber como lidar com a saudade, mas veja só, eu tentei utilizar métodos nada confiáveis de deixar a distância menor. Não sei se deu certo, mas eu tentei, né?

Bom, eu cheguei à conclusão de que mandar SMS’s para a pessoa poderia deixá-la, sei lá, mais perto de mim. Um engano total.. meu celular ficou sem créditos, e a cada mensagem de texto a distância se tornava mais gritante e a saudade aumentava. Plano A, fracassado.

Meu Plano B foi tentar pensar o mínimo possível na pessoa, até o dia em que ela voltar. Esse plano me pareceu tão brilhante na hora.. mas é bem idiota. Pensar o mínimo possível na pessoa quando se está apaixonado é uma atitude completamente imbecil, afinal, você está APAIXONADO! A possibilidade de não pensar na pessoa é totalmente nula, afinal, você só pensa nela 24 horas por dia. Plano B, fracasso maior.

Bom, vendo que meus dois planos brilhantes tinham fracassado, eu tomei uma atitude brusca e muito madura: admiti que tava morrendo de saudades e resolvi sentir esse sentimento. Afinal, é super saudável, todo mundo tem que passar por isso um dia, e comigo não seria diferente. Beijos e até a próxima, meus caros leitores =*.

08
jun
10

Rótulos???

Nós, humanos, filhos de Deus ou do Big Bang, animais bípedes e, segundo cientistas, possuídores de raciocínio avançado, somos criaturas complexas, cheias de dúvidas, crises, frescuras, princípios, etc.Comparando grotescamente com uma obra de arte, é mais que simplesmente tela e pincel, mais que simplesmente arte, é emoção,personalidade, ideologia, instinto, tentação e aí por diante.A união de cada um gera um todo.

Agora me pergunto:Porque diabos essa mania de dar nomes e “características principais” a tudo como se todas as coisas fossem maleáveis e de fácil compreensão?
Me baseando em observações próprias, me surgiu na cabeça que o homem precisa incalculávelmente entender, conhecer, ter noção daquilo com o qual está em contato.E nada melhor que nominá-los, pois isso engloba toda a questão, resume uma idéia, te economiza palavras e ainda te deixa mais objetivo!!YES..Vai um exemplo:”Um mendigo NÂO tem com o que se preocupar em termos sentimentais e psicológicos, pois é um mendigo, nada mais. e tudo oque faz é sentir frio e importunar os transeuntes.Pronto, simples!”Basta para ter controle descritivo sobre tal pessoa, que alias, antes de ser uma pessoa é um mendigo.Saber dos outros, prever atitudes, conhecer todos os segredos é exatamente o que todos querem.Alguns chamam isso de rótulo(sim, como as cervejas!)

Esse tipo de atitude é demolidoramente crescente tão quanto lastimável.Não é fácil admitir que não temos conhecimento dos modos alheios, pois isso acaba nos pondo no nosso lugar, e ninguem quer isso.Ser só mais um?Em primeiro lugar, antes de fazer um review de uma pessoa, lembre-se que nem todos somos livros abertos, tampouco podemos ser resumidos em alguns adjetivos.Somos algo mais profundo, possuímos essência única.Nada de nomes, a não ser os pessoais!

Esse  é mais um post pra complementar minha teoria misantrópica sobre o comportamento dos homens.Mas não se assustem, eu gosto de vocês…rsrsr

30
maio
10

Dê uma chance a si mesmo!

 

Não fazia a mínima sobre o que postar hoje, então lembrei da conversa que tive com minha adorada amiga. Bom, na conversa, mesmo que por alto, descobri que ela acha que nasceu para ser infeliz. Não vou citar nomes, para não expor a pessoa, claro. De qualquer maneira, quando saí da igreja, fiquei pensando muito nisso… E descobri que isso pode render um post legal.

Você já parou para pensar no quanto sempre achamos que não temos chance de conseguir alguma coisa, ou alguma pessoa, e justamente por esse pensamento negativo, essa coisa não acontece? Não sei se existe uma teoria cientifica para isso, mas de qualquer maneira sempre me pareceu insegurança.. O fato de algumas vezes não confiarmos no nosso taco pesa bastante nas horas decisivas, e isso é um problema, afinal, a hora é DECISIVA…

Descobri que toda pessoa, absolutamente toda pessoa faz diferença e tem importância no mundo. Então, para que se sentir diminuído? Impotente?

Se você se sente assim, eu peço logo: Pare de bobagens!! Dê uma chance para você mostrar o quanto é especial, principalmente quando você mesmo não enxerga isso!

Não queria terminar o post com lição de moral, mas é essa mensagem que deixo.. até a próxima, pessoal!

28
maio
10

Qual o nome disto…?

Hey pessoas! Boa noite a todos os leitores do Bosque. Mais uma vez, irei postar sobre algo relacionado a minha pessoa, só para não perder o costume.

Essa semana eu venho sentindo um misto de sentimentos: Amor, amizade, ausência, saudades, raiva, mágoa, desprezo e aversão. Todos esses sentimentos numa só semana. Variados ao longo dos dias, e por pessoas diferentes. Meu interior vem sofrendo uma reviravolta e me sinto como se estivesse brincando numa Montanha-Russa, mas claro, sem nenhum momento de diversão.

O pior disso tudo? O pior é que isso não passa. Os momentos que me fazem feliz são poucos e raros e no instante seguinte estes momentos metamórficos me dominam outra vez. Talvez eu só precise de tempo, um momento só meu, para que assim, talvez, eu possa descobrir o que realmente me afeta e possa trabalhar em cima disso, afim de que eu possa me fortalecer e perder um pouco desses sentimentos, que pelo menos pra mim, não me fazem sentir muito bem.

Sem mais o que declarar, encerro este post agradecendo mais uma vez aos leitores principalmente pela paciência. Desejo um excelente fim de semana, sem nenhum desses sentimentos horríveis que estou a sentir.

See you o/

24
maio
10

Ausência….

Hey pessoas! Uma ótima noite a todos os leitores do Bosque. Esta noite irei postar sobre uma frase que li hoje no caderno de uma amiga e que me fez pensar ao longo do dia. Eis a frase:

“Faça de sua ausência o bastante para que alguém sinta sua falta, mas não a prolongue a ponto desse alguém se acostumar a viver sem você.”

Depois de muito pensar eu pude notar o quão essa frase é verdadeira, bem, pelo menos para mim. Muitas vezes eu já tive pessoas em minha vida, as quais eu acreditava fielmente que permaneceriam até o fim dos meus dias ao meu lado, mesmo que não literalmente, mas que estariam comigo apesar da distância, do destino e dos problemas. Mas isso não parece dar muito certo, não comigo.

Não que eu tenha medo de estar sozinha, só que o mesmo destino que une pessoas é o mesmo que as afasta e isso me frustra. Caminhos diferentes, escolhas, isso já me fizeram abrir mão de tantas pessoas que eu realmente amava de todo o coração, não gostaria que o destino agisse dessa forma novamente em minha vida, mas receio que coisas como essa são inevitáveis, a única coisa que podemos fazer, é adiar, tardar as coisas.

Bem, é isso o que absorvi da frase. Se você tem alguém em sua vida que está se ausentando de alguma forma, por algum motivo, tente tardar os acontecimentos, aproveite os momentos junto deste, para que no futuro, reste pelo menos as lembranças.

Obrigada pela paciência. Desejo a todos e a cada um dos leitores, um excelente comecinho de semana.

See you o/

23
maio
10

O meu mundo…

Fico impressionada com a quantidade de besteiras que consigo pensar em apenas uma hora. Num desses arrebatamentos diários, acabei criando um mundo imaginário (bem, um país imaginário). Resolvi compartilhar com vocês.

Nesse país imaginário, as crianças só estudariam as matérias que mais gostassem, assim se tornariam mais felizes, menos pressionadas e bons profissionais.

E os lares seriam lugares em que o amor reinaria. Não haveriam brigas entre os irmãos nem entre os maridos e esposas. Todo mundo adotaria um vira-lata, e assim ninguém teria do que se queixar.

No trabalho, todos seriam recepcionados com um belo sorriso dos colegas, a carga horária seria menor e todos os chefes seriam bonzinhos.

Nos relacionamentos, todos os namorados amariam suas namoradas e elas idem. Sempre seria dia de comemoração e de presentinhos românticos, claro para a relação nunca esfriar.

São besteiras, eu sei.. mas não consigo parar de pensar em como a vida seria diferente se mudássemos pequenos hábitos. Se déssemos mais importância à pequenas coisas.

São com essas palavras que deixo vocês. Um bom começo de semana a todos..

21
maio
10

Seja você mesmo…

Hey pessoas! Uma boa noite de Sexta-feira a todos os leitores do Bosque. Hoje vou postar sobre o prazer de sermos nós mesmos com as pessoas certas, com as pessoas que merecem nos conhecer exatamente do jeito que somos, isso inclui os defeitos, as qualidades e tudo o mais que uma pessoa possa possuir tanto bom quanto ruim. 

Eu tenho uma amiga que a propósito trabalha comigo, a que me traz muitos problemas, a que mais me irrita, a que nunca me escuta, a que mais me xinga, a que me magoa demais… Mas também a que mais  está perto de mim, a única que trabalha de Domingo a Domingo e ainda assim quer me ver nos tempos livres, a que quer sempre almoçar comigo mesmo que isso signifique colocar fogo na casa dela.

Até hoje eu nunca havia percebido o quanto eu mostrava a ela a mim mesma, o quão próximas somos e o quão eu também aprecio passar minhas horas vagas e almoços com ela. Sim, eu sou eu mesma com ela. E os  meus momentos  de maior insanidade são juntos dela. Eu espero viver mais loucuras assim.

É tão bom ser você mesmo, não medir o que se pensa e nem o que se diz. Sei que você é chata, idiota, louca, retardada, nunca me dá ouvidos realmente, mas sei também que esse é seu jeito e que sempre me dará seus ombros quando eu quiser desabafar.

Que possamos ser nós mesmos sempre, com as pessoas que nos cercam e nos fazem bem, digo aquelas que merecem a nossa sinceridade. Sejam Felizes  não meçam esforços para isso, pois a felicidade é o maior bem que podemos construir!

Obrigada pela paciência e um excelente fim de semana a todos.

See you o/




Seja bem Vindo!

"A natureza reservou para si tanta liberdade que não a podemos nunca penetrar completamente com o nosso saber e a nossa ciência."

Últimas Notícias!

O bilionário mexicano Carlos Slim Helú ultrapassou os norte-americanos Bill Gates, fundador da Microsoft, e Warren Buffet, megainvestidor e fundador da Berkshire Hathaway, e se tornou o homem mais rico do mundo em 2010, segundo ranking da revista "Forbes". A fortuna de Slim é estimada em US$ 53,5 bilhões, um aumento de US$ 18,5 bilhões em relação ao ano passado e à frente dos US$ 53 bilhões de Gates e dos US$ 47 bilhões de Buffett.

Visitantes! \o/

  • 4,252 cliques